Coluna de Marcelo Blume

Para liderar melhor
12 de Março de 2019 às 09:00

Quem está numa posição de liderança e quer se manter sendo reconhecido como bom no que faz, deve-se perguntar com frequência, o que fazer para liderar melhor. Os que buscam uma posição de liderança devem preparar-se cada dia mais, pois o tema é muito estudado atualmente, especialmente considerando que a função vem se complexificando ao longo dos tempos.

Nos grandes líderes da atualidade características como compaixão e transparência estão entre as mais presentes. Tempos atrás, estas características seriam sinônimo de despreparo, mas o mundo corporativo mudou e, agora, empatia e cumplicidade são atributos reconhecidos entre os líderes que mais conseguem engajar suas equipes. Além destas, outras características vem sendo apontadas como sinais de quem está preparado para ser um líder nestes novos tempos, reduzindo o estresse da equipe, mantendo um bom clima de trabalho, aumentando a produtividade e a competitividade.

Aproximar-se facilment
e com outras pessoas é uma caraterística das mais importantes para um bom líder. Deixando exposta a sua humanidade demonstrando que como outra pessoa, também comete erros, o líder também mostra autenticidade, se aproxima e consegue manter um diálogo transparente com os membros de suas equipes.

Dividir tarefas, méritos e responsabilidades é outra característica presente entre os bons líderes. Envolver o máximo de pessoas em nos projetos demonstra confiança, além de possibilitar que os membros da equipe se sintam à vontade para exercitar sua criatividade.

Empatia, que significa colocar-se no lugar do outro é a melhor forma de auxiliar um colaborador a produzir mais, entendendo o que passa na vida dela. A compaixão do líder lhe facilita saber o quão sobrecarregada está sua equipe. O livro em formato de ebook The Oxford Handbook of Compassion Science mostra que gestores com empatia em suas empresas entregam resultados melhores, porque contam com integrantes mais satisfeitos com o trabalho.

Transparência na organização reduz o número de empregados estressados com o trabalho. Além do aumento da confiança, o principal motivo da transparência melhorar o clima de trabalho é que a equipe entende o motivo da cobrança. Por isso, é recomendável que os líderes busquem o máximo de transparência e honestidade com os membros da sua equipe. Manter segredos é uma forma de se distanciar daqueles que correm ao seu lado para o negócio dar certo.

Acreditar no potencial da sua equipe é outra característica presente nos grandes líderes. Este tipo de ação possibilita que os membros da equipe encontrem seu propósito ao fazer parte da organização.

Nesta breve reflexão é possível verificar que embora a complexidade para liderar equipes vem sendo ampliada, as características necessárias para exercer a função não são um mistério, nem habilidades inatas, ou ainda, propriedades de pessoas eminentes. Digo isso justamente porque embora é um desafio importante, para liderar são necessárias características que podem ser aprendidas, desenvolvidas e aprimoradas ao longo da vida. Com seu aprimoramento o líder terá ao seu lado pessoas mais felizes, mais fortes, mais produtivas e mais competitivas e manterá um time do qual poderá se orgulhar dos resultados coletivos.

Um abraço e até a próxima!

Marcelo Blume é Administrador, Especialista em Marketing e Mestre em Engenharia de Produção. Professor da UNIJUÍ e convidado em diversas IES. Sócio e consultor da Referenda Consultoria. Palestrante, pesquisador e escritor, com artigos e livros publicados.

Email: marcelo.blume@referenda.com.br

Mais artigos de Marcelo Blume