Coluna de Pedro Belmonte

Amizades
27 de Abril de 2019 às 14:47

Alvorecer da década de 1960. Chego a Santo Ângelo, vindo de São Borja.  Passei a viver atmosfera diferente, embora as duas tivessem costumes parecidos. Nasceram as primeiras amizades. José Osmar (Fumanchu) e Orion Camargo de Souza, como eu são-borjenses; Arnaldo Braatz; ‘Neisão’ Debacco’; Adroaldo Loureiro; irmãos Abel, Benjamim e Jorge Meneghetti; Alcir Rolim de Moura; Edson Geiss, colega no curso de datilografia, de Isabel e Alvino Max Kegler; Flavio e Claudio Bechler; Máximo Cirano e Telmo Fortes; Gilberto Lopes de Mello; Cilon Brasileiro e João Antônio Garcia do Nascimento; Alencar e Edgar Fuchs; Rodney Sales Nogueira; Roque Andres e Valdir Andres; Cícero e Aparício Padão Samuel; Allan Fonseca; Danilo Schneider; Roberto Haas e José Elmann.

Neiva
Neiva Maria Debacco Loureiro é diretora do Jornal das Missões e da rádio Santo Ângelo, operando com desenvoltura por conta dos anos envolvidos na empresa gráfico-editorial fundada pelo pai Marcelino Debacco e o marido Adroaldo Mousquer Loureiro, em 1983 e a posterior aquisição do controle acionário da emissora, em 1996. Do casamento com Adroaldo, falecido em 2016, nasceram três filhos, Eduardo, Roberto e Saulo.  “Casei-me em 72 com Adroaldo. Até 1981 com o nascimento do Saulo, me dediquei exclusivamente à família, aos filhos e a casa, o que fiz com muito gosto. Em 1982 o Adroaldo se elegeu vereador e a partir dai ‘ingressamos’ na politica. Em 1989 um acidente causou a morte de meu pai Marcelino o que me levou a ocupar o seu lugar nas empresas da família. Desde então divido meu tempo entre a família e o trabalho. Sou, igualmente, uma avó orgulhosa”. Neiva Maria nasceu num 7 de março, em Santo Ângelo.

HSA
As 14h deste sábado, 27, direção do HSA fará entrega dos 58 novos leitos, ampliando a capacidade de 170 para 228. Conforme o Provedor Odorico Bessa Almeida, ampliação e aquisição de modernos equipamentos se inserem no trabalho de recuperação da instituição hospitalar, que em fevereiro completou 87 anos a serviço da saúde dos santo-angelenses e missioneiros.

Abertura
Será aberta hoje no Parque de Exposições Siegfried Ritter, a 19a. Fenamilho Internacional. Conforme o presidente, vice-prefeito, Bruno Hesse, previsões de comercialização giram em torno de 100 milhões de reais e 130 mil visitantes.  Encerramento será domingo, 5 de maio.  A Fenamilho está focada basicamente, no agronegócio e na agricultura familiar.

Cruz Missioneira
Prefeito de Gravataí, Marco Soares Alba, inaugurou dias atrás réplica da Cruz Missioneira na rótula de acesso ao município. Conforme Alba é mais um incentivo ao turismo daquela cidade da região metropolitana projetando uma rota das Missões a Capital, aproveitando as belezas, a história e economia dos municípios envolvidos.  Autoridades de Gravataí, Santo Ângelo e outros municípios participaram da inauguração. Guardo recordações do município onde trabalhei nos anos 80 e 90, na instalação e direção de uma emissora de radio e um jornal. Um dos mais entusiasmados com o evento é o santo-angelense radicado há anos em Gravataí, médico Santos Alberto Rebelato Jr.

Ministros
Presidente do STF, Dias Toffoli, parecia querer fazer aflorar o espírito de corpo na Corte. Mas, ministros foram contra a censura imposta por Toffoli e Alexandre de Moraes, determinando no inquérito, o que pode e não pode ser noticiado pela imprensa. A censura está proibida desde1988, com a promulgação da Constituição. Informação é livre, sem censura, como aconteceu na esteira da publicação do site O Antagonista e da revista Crusoé. Ainda que o nome do presidente da Corte tenha sido citado, ele não poderia ter proibido a matéria ‘o amigo do amigo de meu pai’. O que esperamos do STF?   Não transgrida a Constituição nem restaure a censura. Anos passados, agia em defesa da liberdade de imprensa. Exemplo, a revogação da lei de imprensa de1967, ocorrida em 2009. Em 2017, cassava liminar que mandava tirar do ar reportagens do blog do jornalista Marcelo Auler. Toffoli cassou decisão da justiça do Mato Groso do Sul, que determinava retirada do ar reportagens do jornalista Nélio Brandão.

Ministros II
Na contramão desse passado, caminho escolhido por Toffoli e Moraes desrespeitou garantias e liberdades fundamentais.  Decisão de Alexandre de Moraes, recuando e revogando a decisão, foi antecedida por discussões em torno da crise e questionamentos de integrantes do Supremo. Decano do STF, ministro Marco Aurélio Mello, classificou de ‘censura’ a decisão inicial de Alexandre de Moraes. “Isso para mim é inconcebível. Prevalece a liberdade de expressão. É censura”, disse. Da Jurista e deputada, Janaína Paschoal: ‘Censurar a revista, aplicar multas aos jornalistas, ensejar o desentranhamento do documento, isso tudo fortalece a ideia de que há a algo a ocultar’. Jurista Modesto Carvalhosa, afirmou no auge da censura ao documento que Toffoli e Moraes estariam praticando terrorismo contra a população brasileira. Entidades de imprensa criticaram a censura do STF a reportagem, concordando que houve ameaça a liberdade de expressão. Mesmo revogada a censura, continua a tramitação do inquérito.  Espera-se o arquivamento.
   
#Hashtag
#STJ decidiu, na terça-feira, 23, diminuir pena no caso tríplex do Guarujá a 8 anos, 10 meses e 20 dias e Lula poderá passar a prisão domiciliar em setembro. Lula está preso desde abril de 2018, na PF, em Curitiba. Torcida do PT é para não ser condenado em 2ª. Instância no caso do sitio de Atibaia. Nesse caso continuaria preso.#Governo e caminhoneiros fecharam acordo e greve prevista para segunda-feira, 29, foi descartada. Conforme ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, governo fiscalizará tabela de preços mínimos para frete rodoviário.#Ciro Gomes chamou o PT de ‘quadrilha’, que a cúpula partidária ‘apodreceu’ e nunca mais se associará aos Petistas. Acusou Bolsonaro de ‘amigo de corruptos e da comunidade judaica’.

 Jornalista, com passagem por diversos jornais e rádios do Rio Grande do Sul, atualmente coordena o projeto Santo-Angelenses. Escreve nas edições de sábado. 

Email: pedro.a.s.belmonte@hotmail.com

Mais artigos de Pedro Belmonte