Notícias: Cultura

6ª Canto Missioneiro será adiado

Nova data deve ser anunciada nos próximos dias

04 de Abril de 2013 às 10:15
6ª Canto Missioneiro será adiado
Secretário de Cultura, Mário Simon, apresentou motivos para o adiamento do Canto Missioneiro. Foto: Odair Kotowski/JM

Em entrevista coletiva à imprensa, o secretário municipal de Cultura, Lazer e Juventude, Mário Simon, anunciou que a 6ª edição do Canto Missioneiro da Música Nativa será adiada. O evento estava programado para ocorrer de 11 a 14 de abril de 2013, no Teatro Antônio Sepp e na Praça Pinheiro Machado.

“A organização do Canto Missioneiro se reuniu nesta quarta-feira (4), com o prefeito Valdir Andres, e em conjunto decidimos que o evento será em outra data, a ser anunciada depois que houver contatos com artistas envolvidos, e com os shows que já estavam contratados”, informou Mário Simon.

MOTIVOS

Mário Simon explicou durante a entrevista que a organização teve pouco prazo para captar recursos, através da Lei de Incentivo à Cultura do Rio Grande do Sul. “O projeto foi encaminhado em 20 de dezembro de 2012, e somente aprovado em 26 de março de 2013. Então teríamos apenas oito dias úteis para captar recursos junto às empresas”, explicou o secretário.

Outro motivo para o adiamento do Canto Missioneiro, segundo Mário Simon, seria a necessidade de adequação do Teatro Antônio Sepp, com a criação de um Plano de Prevenção Contra Incêndios. “A terceira questão é a exigência de cumprir todos os trâmites, de que aquilo que está aprovado dentro do projeto do 6º Canto Missioneiro, que não teríamos como cumprir o que está no contrato”, afirmou.

PROVÁVEIS DATAS

Sobre prováveis datas a ser realizado, o secretário municipal de Cultura afirmou que espera que o Canto Missioneiro seja marcado para “o mais breve possível”, porém é necessário ver as prováveis datas com os artistas concorrentes, shows contratados e jurados. “Pode ser daqui a três meses o evento, ou antes”, disse Simon.

Uma das possibilidades levantadas é a de que o evento ocorra em outubro.

A Nova Produções e Eventos é a produtora responsável pela execução do Canto Missioneiro. O projeto aprovado na Lei de Incentivo à Cultura, do Pró-Cultura RS, é de R$ 338 mil. Para dispor dos recursos, o Canto Missioneiro deve captar recursos com empresas com o limite desse valor, para que os patrocinadores recebam incentivos fiscais.

Por Tiarajú Goldschmidt (tiaraju@jornaldasmissoes.com.br)

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Cultura