Notícias: Geral

JM completa hoje 30 anos de credibilidade

A partir deste sábado uma série de anúncios institucionais e matérias serão publicadas no impresso

15 de Junho de 2013 às 10:15
JM completa hoje 30 anos de credibilidade
Direção e equipe de colaboradores do jornal e que atuam nos setores administrativo, jornalismo, comercial e financeiro

O Jornal das Missões comemora nesta sábado os seus 30 anos de fundação e circulação. A partir de hoje uma série de anúncios institucionais e matérias com pessoas que participaram da história do JM serão publicados nas páginas do impresso.

Segundo a direção do JM, a proposta visa valorizar os ex-funcionários, colaboradores, anunciantes e principalmente os assinantes que são a razão de existência desta empresa. A culminância do projeto ocorre no dia 13 de julho com um baile no Clube Gaúcho, animação da Banda Balança Brasil.

Conforme a diretora, Neiva Debacco Loureiro, o JM cumpre um papel fundamental para o desenvolvimento da comunidade, ao divulgar os fatos e valorizando aquilo que acontece de positivo na cidade e região. “Apoiamos as lutas importantes, integrando as pessoas da comunidade, e também denunciando, criticando o que não está correto, sugerindo soluções. Quando o trabalho é realizado com seriedade, responsabilidade e isenção, contribui para o crescimento social, econômico e cultural da comunidade”, frisa.

Neiva destaca que durante os 30 anos, os maiores avanços da empresa foram a credibilidade, a confiança e o respeito conquistados pelos anunciantes e leitores. “Vamos continuar investindo fortemente na qualificação do nosso produto, tanto no aspecto profissional como tecnológico, empenhados na confecção de um jornalismo focado nos assuntos e fatos que acontecem próximos da gente, que são verdadeiramente os mais importantes. Nossa meta é continuar aumentando o número de leitores, tanto na plataforma tradicional como também na internet, o que se traduz em retorno garantido para os nossos anunciantes”, enfatiza.

História do JM

O anseio dos brasileiros por liberdade de expressão e retorno à democracia era o sentimento que mobilizava o país no início dos anos 80. Em Santo Ângelo, os empreendedores Marcelino Debacco e Adroaldo Mousquer Loureiro sentiam a necessidade de alternativa nos meios de comunicação e em abril de 1983 fundaram a Gráfica São Miguel.

O projeto de oferecer aos santo-angelenses e missioneiros uma alternativa na área de comunicação concretizou-se em 15 de junho de 1983, com a circulação do Jornal das Missões.

O JM é trissemanário. Circula às terças, às quintas-feiras e aos sábados. A empresa, atualmente, é administrada pela diretora, Neiva Maria Debacco Loureiro, pelo diretor Eduardo Loureiro e pela coordenadora administrativa, Robriane Raguzzoni Loureiro.

Ao lado da Editoria que engloba Política, Geral, Economia, Rural, Sociais, Educação, Polícia, Esportes e Saúde, o JM destina espaços nobres a reportagens especiais que refletem tendências e anseios da comunidade.
 

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Geral