Notícias: Geral

RGE entrega obras de eficientização energética no HSA

Melhorias no sistema de iluminação da instituição foram realizadas com recursos do PEE-RGE

16 de Outubro de 2014 às 08:15
RGE entrega obras de eficientização energética no HSA
Momento do descerramento da placa que marcou a entrega da obra (Foto: Estevan Minini/JM)

As obras de eficientização energética executadas pela Rio Grande Energia (RGE) no Hospital de Caridade de Santo Ângelo (HSA) foram entregues oficialmente na manhã de ontem (15). As obras foram executadas com recursos do Programa de Eficiência Energética (PEE-RGE), ciclo 2014. A solenidade, com descerramento de placa e ações educativas, ocorreu no auditório do HSA. As melhorias no sistema de iluminação, com a substituição das lâmpadas fluorescentes por led, irão proporcionar, além da qualidade de iluminação, a durabilidade média de 25 anos e a redução no consumo de energia elétrica na ordem de 82,66 MWh/ano, e de demanda em 11,88 KW.

O investimento de R$ 106.752,87 nas melhorias, faz parte do projeto RGE no Hospital, integrante do Programa de Eficiência Energética da Rio Grande Energia (PEE-RGE), existente há 15 anos e elaborado de acordo com as regulamentações do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). No total, foram substituídos 519 pontos de iluminação no Hospital Santo Ângelo. As ações educativas, que serão realizadas durante a entrega oficial das obras, incluem o espetáculo teatral Cidade Luz, que tem a temática da energia e objetiva chamar a atenção do público quanto à mudança de atitude para o uso consciente, eficiente e seguro da energia elétrica.

SOLENIDADE
Estiveram presentes na solenidade, além de médicos e funcionários do HSA, o executivo de contas e relacionamento da RGE, Rafael Luis Lugoch, o provedor do HSA, Bruno Hesse, o vice-provedor Odorico Bressa Almeida, o diretor administrativo Fernando Branco e o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Jerônimo Riechel.

O executivo Rafael Lugoch destacou a satisfação da RGE em contribuir para o uso consciente da energia elétrica. “Ficamos muito felizes em podermos ter oferecido meios para que a comunidade desfrute de uma situação onde a energia será consumida de maneira sustentável, com equipamentos novos”, disse.

O provedor Bruno Hesse agradeceu a iniciativa da Rio Grande Energia e mencionou ações nacionais que visam o consumo consciente. “É importante que ações como esta aconteçam. A preocupação com o uso consciente de energia é mundial, estamos prestes a iniciar o horário de verão, que é justamente para economizar energia. Ficamos gratos pelo fato da RGE lembrar do HSA, e vir aqui realizar esta obra que, certamente, irá nos dar uma considerável economia”, afirmou Hesse.

PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
O Programa de Eficiência Energética da Rio Grande Energia (PEE-RGE) existe há 15 anos e é elaborado de acordo com as regulamentações do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O PEE-RGE tem como objetivo combater o desperdício de energia elétrica implantando ações como a substituição de equipamentos ineficientes, a doação de lâmpadas, a adequação da entrada de energia de consumidores irregulares, a educação para a utilização racional dos recursos naturais, além de diversas outras ações, dentro dos projetos: RGE na Comunidade; RGE na Escola; RGE no Hospital; RGE na Indústria; RGE no Saneamento, RGE nos Prédios Públicos e Caravana RGE – Educando para a eficiência. Com um investimento de R$ 122.781.607,00 em 65 projetos realizados ao longo do período, o resultado foi de uma demanda evitada de 78.576 kW e de energia conservada de 268 Gwh/ano.

***

VANTAGENS DA SUBSTITUIÇÃO
- Led = condutor de energia elétrica. Led significa Light Emitting Diode (diodo emissor de luz);
- A energia consumida pelo led é revertida em iluminação e não em calor;
- A iluminação led não emite radiação IV/UV, o que evita danos à pele, plantas e também objetos e produtos expostos como roupas, calçados e móveis;
- Em termos de durabilidade, uma led = 50 lâmpadas incandescentes ou oito lâmpadas compactas fluorescentes ou, ainda, 16 lâmpadas halógenas;
- Quanto à economia, uma lâmpada incandescente de 60W é igual a uma luminária led de 4,5W com economia de 55,55 W/hora;
- Como o led não possui em sua composição metais pesados como chumbo e mercúrio, não há necessidade de um descarte especial como as lâmpadas fluorescentes;
- O led pode chegar a mais de 50 mil horas de vida útil, enquanto que a lâmpada incandescente mil horas; a fluorescente compacta 6 mil horas e a fluorescente tubular 7 mil horas.

Por Estevan Minini (estevan@jornaldasmissoes.com.br)

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Geral