Notícias: Geral

Caravana da Educação Fiscal ocorre amanhã em Santo Ângelo

Evento ocorre nesta quarta-feira na Capital das Missões, no Centro Municipal de Cultura

17 de Maio de 2016 às 08:55
Caravana da Educação Fiscal ocorre amanhã em Santo Ângelo
Evento é direcionado a professores da rede pública e particular e gestores municipais (Foto: Divulgação)
Mais de 50 municípios que integram as regiões do Planalto Médio, Missões e Centro do Estado estão mobilizados, ao longo desta semana, para encontros que buscam ampliar as ações de cidadania fiscal. São três seminários de Educação Fiscal somente nesta semana, hoje em Cruz Alta, amanhã em Santo Ângelo e quinta-feira (19) em Santa Maria. 
Direcionado a professores da rede pública e particular, gestores municipais e representantes de entidades cadastradas no programa da NFG (Nota Fiscal Gaúcha), o encontro em Santo Ângelo ocorre no Centro Municipal de Cultura, nesta quarta-feira (18), das 13h às 17h.
“O encontro visa a conscientização da função social dos tributos e ampliação das ações de cidadania fiscal”, explica Ruth Ribeiro Gomes, coordenadora pedagógica da 14ª Coordenadoria Regional de  Educação (CRE) de Santo Ângelo.
O Grupo Educacional Fiscal do Estado do RS (Gefe/RS) organizou um calendário com 16 seminários regionais até o final do mês de junho para contemplar as mais diferentes regiões gaúchas debatendo a importância do controle social na destinação do que é recolhido em impostos, mas também sobre o papel do consumidor em combater a sonegação
 
ENCONTRO EM SANTO ÂNGELO
A região das Missões deve reunir representantes de 25 cidades que integram a 14ª e 32ª CREs. O seminário acontece no Centro Municipal de Cultura de Santo Ângelo, na Rua 3 de Outubro, n° 800.

Uma das temáticas a serem desenvolvidas nos encontros regionais será o “Condomínio Brasil”, que busca refletir sobre os gastos públicos e como cada cidadão pode contribuir para aumentar a arrecadação de impostos, o que vai gerar, consequentemente, melhorias para toda a sociedade. Neste sentido, o seminário serve igualmente para ressaltar a importância dos Programas Municipais de Educação Fiscal (que refletem na participação de cada município no rateio do ICMS) e da própria participação dos consumidores no programa da NFG. 

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Geral