Notícias: Polícia

Homem morre em assalto a agência dos Correios em Coronel Barros

Dupla foi surpreendida pela BM ao sair do estabelecimento. Um morreu no local e outro foi preso

07 de Outubro de 2014 às 06:00
Homem morre em assalto a agência dos Correios em Coronel Barros
Após troca de tiros, assaltante foi baleado e morreu em frente à agência dos Correios (Foto: Portal Ijuí.com/Divulgação)

Por volta das 11h30min de ontem (6), dois indivíduos assaltaram uma agência dos Correiros no município de Coronel Barros. Ao saírem do estabelecimento foram surpreendidos por uma viatura da Brigada Militar (BM) e iniciou a troca de tiros. Rogério da Silva Ribas, de 30 anos, conhecido como Lelinho, foi atingido e morreu no local. O outro suspeito, de 25 anos, conseguiu fugir, sendo preso posteriormente.

O CRIME
Os dois indivíduos teriam chegado à agência dos Correiros em uma motocicleta. De acordo com o subcomandante do Batalhão da Brigada Militar de Ijuí, capitão Aires, no momento do crime, estavam no local um funcionário e um cliente. Usando capacetes e armados, eles anunciaram o assalto e ficaram cerca de quatro minutos dentro do estabelecimento. Ao saírem foram surpreendidos por uma viatura da BM que passava pelo local e observou a motocicleta mal estacionada.

“Quando viram a viatura começaram a efetuar disparos em direção a mesma. Dois atingiram a lateral da viatura. Os policiais, em revide, dispararam contra os indivíduos sendo que um veio a óbito. O outro fugiu do local. Fizemos um cerco com o efetivo do 29º BPM de Ijuí, com apoio de Augusto Pestana e da Polícia Rodoviária Federal e obtivemos êxito na prisão do segundo participante do roubo, inclusive com ele foi encontrada uma arma utilizada no assalto”, relatou o capitão Aires.

De acordo com informações preliminares, Lelinho é natural de Santo Ângelo e cumpria pena no regime semiaberto do Instituto Penal de Ijuí (IPI). Possui cinco condenações judiciais pelas Comarcas de Santo Ângelo (3), Santa Rosa e Horizontina. Ele foi condenado a 39 anos de prisão por lesão corporal, roubos e latrocínio. O outro, natural de Ijuí, estaria em liberdade condicional desde a sexta-feira (3). 

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Polícia